Leonel Pavan quer atendimento prioritário para portadores de diabetes

Os portadores de diabetes Mellitus poderão ter um tratamento diferenciado na rede de saúde estadual e privada no Estado de Santa Catarina. O deputado estadual, Leonel Pavan (PSDB), apresentou um projeto de lei nº 0120,8/2015 que obriga o atendimento preferencial às pessoas com Diabetes Mellitus nos hospitais públicos e particulares, clínicas, postos de saúde e de coleta credenciados à Rede Estadual de Saúde, a atender portadores de diabetes de forma prioritária, quando os exames de diagnóstico exigirem jejum total.
A proposta prevê que o atendimento prioritário aos diabéticos deve acontecer da mesma forma como já ocorre com outros grupos prioritários como deficientes,idosos e gestantes. Para ter direito ao tratamento prioritário, o paciente deverá apresentar um laudo médico comprovando a patologia.
O parlamentar explicou que o objetivo do projeto é evitar maiores riscos à saúde dos pacientes acometidos pela diabetes. “Os diabéticos, se ficarem por um longo período sem ingerir alimentos, pode culminar em hipoglicemia e outros danos à saúde, podendo chegar, inclusive, a óbito. Por isso a nossa preocupação em garantir um atendimento mais rápido aos diabéticos”, reforçou, acrescentando que caberá às unidades de saúde a responsabilidade de identificar os pacientes no ato do atendimento, para que possa disponibilizar a prioridade.
De acordo com a Sociedade Brasileira de Diabetes, pelo menos metade das pessoas com diabetes do tipo 1 sofrem episódios de hipoglicemia uma vez por mês.Em todos os laboratórios e clínicas de diagnóstico, não há preocupação com o horário da realização dos procedimentos, principalmente nas clínicas que realizam exame de ultrassom, os quais exigem jejum total.
O projeto deverá tramitar nas comissões da Assembleia, em seguida segue para votação em plenário.

Comente com o FACEBOOK

Autor: admin

Compartilhe no